A  Coordenação e Comissão de Organização tem a honra de divulgar o III Seminário Internacional de Educação do Campo e III Fórum de Educação do Campo da Região Norte do Rio Grande do Sul: Resistência e Emancipação Social e Humana, e receber a todos/as que fazem parte de Instituições de Ensino Superior e demais instituições de ensino,  Movimentos Sociais, e demais Instituições.
 
Estimados/as, 
            É com muita alegria que informamos que se realizará de 29 à 31 de Março de 2017  na Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus de Erechim/RS, o III SIFEDOC - III Seminário Internacional de Educação do Campo e III Fórum de Educação do Campo da Região Norte do Rio Grande do Sul: Resistência e Emancipação Social e Humana.
           O III SIFEDOC tem como foco principal, produzir conhecimento em Educação do Campo, desde pesquisas, sistematização de práticas e análises  sobre a realidade micro e macro contextual. Em sua terceira edição, integra Seminário e Fórum vinculando o debate do conhecimento sobre linhas de ação, construção pedagógica e atuação política, sobretudo, ganhando lugar de destaque na produção do conhecimento, conteúdo e método de pesquisa científica, em todo o conjunto de sua programação.
           Desde esta compreensão, convidamos a todos e todas as instituições  movimentos sociais, sindicais e outras instituições que acompanham e fazem a luta pela educação do campo a construir coletivamente o debate acerca de temas centrais  neste tempo histórico, de modo a objetivar a análise das contradições, possibilidades e novas exigências aos processos formativos, comprometidos com as lutas da classe trabalhadora em suas questões prioritárias, para uma agenda de pesquisa comum entre os diferentes sujeitos da Educação do Campo.
O III SIFEDOC tem como foco principal, produzir conhecimento em Educação do Campo, desde pesquisas, sistematização de práticas e análises referenciais sobre a realidade micro e macro contextual. Em sua terceira edição, integra Seminário e Fórum vinculando o debate do conhecimento sobre linhas de ação, construção pedagógica e atuação política. Sobretudo, ganha lugar de destaque na produção do conhecimento, conteúdo e método de pesquisa científica, intencionalizada no conjunto da programação. Desde esta compreensão, o seminário tem por objetivos analisar contradições, possibilidades e novas exigências aos processos formativos comprometidos com as lutas da classe trabalhadora, considerando o momento atual e discutindo relações sociais e métodos (conteúdo e forma) da produção de pesquisas. Vislumbram-se, a partir do evento, questões prioritárias para uma agenda de pesquisa comum entre os diferentes sujeitos da Educação do Campo.
O EVENTO